Este artigo foi publicado originalmente por Joe Escobedo na Forbes

Onde estão meus leads?! Seu chefe já perguntou isso pra você? Se sim, você não está sozinho. De acordo com o Relatório de 2015 da B2B Lead Generation, 59% dos profissionais de marketing declararam que “gerar leads altamente qualificados” é a principal questão.

E se você pudesse gerar mais leads qualificados para o seu negócio, implementando apenas três estratégias de inbound marketing?

Falei com a Olivia Plotnick, Gerente de Marketing da Adsmith China, uma agência de marketing com certificação da HubSpot, e compartilhou três estratégias que ela diz que podem ajudar a obter leads qualificados para o seu negócio.

1. Determine qual plataforma de mídia social converte mais

LinkedIn, Facebook, Twitter, Instagram, a lista só aumenta. Então, qual plataforma você deve concentrar seu tempo e investimento – o que converte leads.

Plotnick compartilha como ela dobrou seus leads implementando uma estratégia simples:
Em um mês, sua empresa publicou:

  • 40 vezes no Twitter, que resultou em 64 cliques, mas sem leads
  • 7 vezes no LinkedIn, que gerou apenas 21 cliques, mas 9 novos leads

Plotnick diz: “Já que todos os nossos novos leads vieram do LinkedIn, eu dobrei meus esforços no próximo mês. Publiquei na página da empresa e com a minha conta pessoal publiquei nos grupos de discussão 23 vezes, em uma semana, sozinha“.

No mês seguinte, receberam 19 novos leads do LinkedIn.

Depois que alguém clica no seu link, o que você faz em seguida? Conduza-os para sua landing page com melhor desempenho.

2. Adicione um formulário curto em seus blog posts

Quais são os ingredientes secretos para gerar leads e um blog post?

Um título incrível – OK.

Conteúdo divertido ou útil – OK.

Alguns elementos visuais – OK.

E… um formulário de inscrição no blog.

Plotnick recomenda adicionar um formulário curto no seu blog para que você possa capturar as informações de contato do visitante. Uma vez que eles estejam em seu banco de dados, você pode nutri-lo até que eles estejam prontos para comprar.

Pense em seus novos leads como se fossem macarrão. Você precisa aquecê-los o suficiente para que eles estejam prontos para comer, ou comprar no seu caso.

Então, quanto de informação você deve solicitar com eles?

Plotnick diz: “Não peça mais do que você está dando. Por exemplo, se for um formulário de inscrição no blog, basta pedir seu endereço de e-mail e seu primeiro nome. Se estiverem baixando seu ebook, adicione mais algumas perguntas, como seu cargo e empresa. ”

3. Adapte sua mensagem de acordo com seu público alvo

Parece como um senso comum, certo? Mas você ficaria surpreso com a quantidade de empresas que não segmentam seu público alvo. Como resultado, eles compartilham a mesma mensagem genérica com todos os públicos. Pense nisso: você enviaria um texto para seus amigos do mesmo jeito que você enviaria um texto aos seus pais? Eu sei que eu não faria. Então aplique essa mesma lógica para sua estratégia de inbound marketing.

Plotnick explica como ela faz isso em sua empresa:

Uma vez que um novo lead é adicionado ao nosso banco de dados da HubSpot, eu envio um email personalizado com base na oferta de conteúdo que eles baixaram, juntamente com as informações da nossa empresa, links para ofertas semelhantes e minhas informações de contato. Então eu os adiciono à nossa newsletter que enviamos mensalmente “.

Dica bônus: Faça auditorias de conteúdo frequentemente

Agora que você implementou as três estratégias e seus leads estão convertendo, é hora de sentar e relaxar, certo? Errado.

Plotnick recomenda que frequentemente faça auditorias nos conteúdos para melhorar constantemente seus esforços de inbound marketing. Ela explica como ela faz isso:

Eu automatizei os relatórios de e-mail no HubSpot para que eu receba as seguintes informações sobre as postagens do nosso blog: visualizações de página, cliques e taxas de clique. Em seguida, analiso os nossos blogs mais envolventes, ou seja, postagens com uma taxa de clique de 3% ou superior, para identificar as palavras-chave e as CTA’s que usamos “, diz Plotnick.

Ela então analisa blogs com um volume alto de visualizações de página, mas com baixa taxa de cliques, pois é provável que atraem leads não qualificados. Ela deu o exemplo de uma postagem do blog, sobre os feriados chinês de 2015 que teve um número elevado de visualizações de página, mas uma baixa taxa de cliques.

Por que fazer tudo isso?

Porque dessa forma você pode desenvolver e distribuir o conteúdo e ofertas certas, que geram leads qualificados.

Foco nos resultados a médio e longo prazo

Como acontece com a maioria dos blogs, o crescimento é lento e acontece ao longo do tempo. Embora os números possam não mostrar um crescimento significativo, use os dados que você precisa para adaptar e refinar suas ofertas a cada mês. Concentre seus esforços e investimentos no conteúdo que seus leads estejam interessados. E por fim, continue testando, aprenda com seus erros e melhore a cada dia.

Compartilhe!

Facebook 0
LinkedIn 0
Twitter

Cadastre-se na nossa newsletter:

Após longo período dedicado a propaganda, planejamento e branding como criativo ou como profissional de marketing, criei a DuoHub, uma empresa que acredita que gerar novas conexões é gerar valor para as marcas e conversões através do Inbound Marketing.