Pensamos na inovação como um novo produto, uma nova tecnologia, porém são os processos que podem fazer a diferença, ainda mais se você é um empreendedor que como eu e precisa inovar e escalar.

E quando estamos em uma empresa ou mesmo empreendendo, ficamos preocupados com uma série de variáveis. Assim a inovação entra na zona de conforto como o exemplo do picles, que qualquer legume colocado em conserva, vira picles.

Para sair da zona de conforto, quebre paradigmas

A palavra paradigma, vem do grego “paradeigma” e significa modelo ou padrão.

Hoje vemos muitos padrões e modelos dentro das empresas, porém as vezes insistimos nos modelos mesmo quando somos PME´s. E como PME´s temos a vantagem de não ter processos burocráticos de aprovação como acontece em grandes empresas.

Por este motivo temos uma oportunidade de ouro nas mãos para fazer a diferença, afinal temos muita informação a disposição e contato próximo aos consumidores. Se errarmos, temos a vantagem de mudar mudar rápido.

Este é o modelo utilizado pelas startups. Sem amarras, o problema é estudado, analisado, prototipado, testado e corrigido rapidamente até virar um modelo de negócios lucrativo.

O vídeo abaixo, mostra um experimento sobre como a socialização estabelece esta zona de conforto e padrão de comportamento. São os paradigmas que tendem a acontecer nas empresas.

Veja que a garota sentada não sabe do experimento, e toda vez que toca uma sirene todos (atores) levantam e ela não. A partir deste momento, para fazer parte do grupo, a garota começa a levantar também. Assista o vídeo completo:

 

 

É por este motivo que precisamos quebrar os paradigmas, ou seja, inovar.

Abaixo cito uma frase colocada pelo Doutor e Mestre em Computação pela UNICAMP e MBA em empreendedorismo Mário Harada (linkedin), que palestrou recentemente no Grupo de Jovens Empreendedores da ACIC, e que apresentou o modelo picles de não inovar:

“Inovar também é mudar processos” – Mário Harada

Afinal, o que é inovação?

Segundo o manual de Oslo, inovação são todas mudanças planejadas nas suas atividades com o intuito de melhorar seu desempenho. E por isso a inovação pode estar no produto, no processo, no marketing e na própria organização.

Modelo LEAN Toyota

A Toyota talvez seja o exemplo mais emblemático de inovação de processos. Utilizando a metodologia LEAN, que em poucas palavras significa processos enxutos, virou modelo para outras montadoras. Neste link da Wikipedia, é possível saber mais sobre o método.

Uma inovação por dia, todos os dias

O que estamos fazendo de diferente para apresentar propostas diferentes e mais eficientes?

Colocando o exemplo da própria DuoHub, todos os dias é preciso pontuar como melhorar e inovar os processos de prospecção, briefing, apresentação das propostas e condução dos projetos para não entregar somente as métricas, mas também sucesso para os clientes que investem em um projeto de inbound marketing. Alguns exemplos:

  • Prospecção – como desenvolver prospecções mais assertivas que façam a conexão entre inbound e outbound marketing?
  • Briefing – como otimizar o tempo de briefing e captar as informações corretas?
  • Apresentação de propostas – como reduzir o tempo de produção de uma proposta x oportunidades de projeto?
  • Condução dos projetos – como gerar valor além das métricas, com a finalidade de retenção?

Quando os processos são bem conduzidos, eles se tornam modelos de negócio. Airbnb, Uber, Ifood, entre outras startups inovaram mudando o processo de compra e de aquisição de serviços.

Conclusão

Todos os dias precisamos pensar na inovação com foco sempre na última ponta, o cliente. Não deixe que sua empresa entre no modelo picles e assim deixar a inovação na conserva. É possível inovar nos processos, seja para reduzir tempo ou aumentar produtividade e claro, os resultados.

Compartilhe!

Facebook 0
LinkedIn 0
Twitter

Cadastre-se na nossa newsletter:

Após longo período dedicado a propaganda, planejamento e branding como criativo ou como profissional de marketing, criei a DuoHub, uma empresa que acredita que gerar novas conexões é gerar valor para as marcas e conversões através do Inbound Marketing.